Palestra: “MITOS DE CRIAÇÃO”

Palestra "Mitos de Criação - Cosmogonia Egípcia", por Umbra Docens - Garden of Spells.

Palestra “Mitos de Criação”, por Umbra Docens – Garden of Spells.

O Garden of Spells teve o prazer de convidar para a Palestra sobre os
“MITOS DE CRIAÇÃO – Cosmogonia Egípcia”,
na 2ª Virada Esotérica.

Durante o encontro pudemos conversar sobre os mitos que moldaram o pensamento e a vida dos antigos egípcios – bem como – sobre a aplicação mágica desses conhecimentos ancestrais.

Citei alguns livros que tratam sobre os temas envolvidos. Segue então, uma breve lista com essa bibliografia para referência de estudo e consulta:

livros_egito_1

Recomendações sobre Mitologia e Magia Egípcias

  1. Símbolos e Mitos do Antigo Egito – Rundle Clark
  2. The Complete Gods and Goddesses of Ancient Egypt – Richard H. Wilkinson
  3. The Sacred Magic of Ancient Egypt : The Spiritual Practice Restored – Rosemary Clark
  4. The Sacred Tradition in Ancient Egypt : The Esoteric Wisdom Restored – Rosemary Clark

 

livros_egito_3

Recomendações sobre Magia e Simbolismo

  1. O Caibalion – Três Iniciados
  2. O Homem e seus Símbolos – Carl Gustav Jung
livros_egito_4

Recomendações sobre Simbolismo Egípcio e Geometria Sagrada

  1. Esoterism & Symbol – René Adolphe Schwaller de Lubicz
  2. Sacred Science – René Adolphe Schwaller de Lubicz
  3. The Egyptian Miracle – René Adolphe Schwaller de Lubicz
  4. Geometria Sagrada – Nigel Pennick

 

livros_egito_2

Recomendações sobre Mitologia Comparada

  1. O Herói de Mil Faces – Joseph Campbell
  2. O Poder do Mito – Joseph Campbell

Dúvidas? Entre em contato!

http://www.facebook.com/GardenOfSpells

Anúncios

MAAT: Verdade, Ordem e Justiça – Parte II

Parte II – PRÁTICA:

Tendo em mente o simbolismo analisado no post anterior, vamos à prática!
Conforme analisamos previamente, o pensamento egípcio sobre a evolução espiritual exige o alinhamento de nossas vontades e ações com Maat. Para isso devemos ser persistentes na verdade e no bem.  A liberdade é um poder, que sempre traz consigo grandes responsabilidades – sobre nossos próprios atos e sobre o mundo ao nosso redor.
A seguir, descreverei algumas práticas que adotamos para estabelecer e fortalecer a conexão com a grande Senhora da Verdade:

MAAT - Representação hieroglífica

MAAT – Representação hieroglífica

O Despertar
O primeiro passo ao iniciar a busca por Maat é reconhecer sua existência – enquanto Equilíbrio e Lei Universais – e trazê-la à consciência diariamente para que sua presença nos guie rumo à nossa verdadeira vontade e evolução.

Para isso, devemos contemplar o equilíbrio e harmonia do universo.

Sente-se confortavelmente, tenha à mão um pincel, tinta preta e uma folha de papiro (ou papel encorpado). Feche seus olhos e chame por ela:

“Grande Mãe Maat: Verdade, Equilíbrio, Harmonia e Justiça! Tua é a Lei que regula o Universo. Reconheço teu poder e presença em toda criação: Causa e Efeito, Caçador e Presa, Vida e Morte, Trevas e Luz.” 

Permita-se experimentar a sensação de equilíbrio e completude que a presença Dela proporciona. Com sua visão interior, visualize a Lei Universal operando constantemente em todos os planos. Ao fim, una todas as imagens para formar uma pluma, símbolo máximo de Maat – graciosa e leve como um coração puro.
Abra os olhos e desenhe esta pluma no papiro, exatamente como a visualizou. Ao terminar, transcreva o nome de Maat (conforme imagem acima) logo abaixo de seu desenho.
Mantenha-o à vista, de preferência no seu quarto (ou em seu altar – se já tiver o costume de realizar algum ato devocional matinal) – o importante é ter essa representação junto a si – desde o Despertar.

Todos os dias, ao acordar, coloque-se diante dele com os punhos fechados e os braços cruzados – Posição de Osíris – dizendo: “Eu te saúdo Maat! Anedj H’rak, Maat!”.

Peça para que a consciência de Maat ilumine teus pensamentos e ações durante todo o dia.

saudacao maat posicao de osiris

“Eu te Saúdo, Maat! Anedj-H’rak Maat!” – Posição de Osíris

O Juramento
O passo definitivo no processo de busca à Maat se dá com a realização de um Ritual de Dedicação à Ela. No qual o magista se apresentará, colocará seu Coração à prova e realizará votos de dignidade e honra, assumindo seu compromisso com a Grande Obra (o Sumo Bem) e com os Neteru (Deuses) por toda a vida.  

Que a luz da verdade ilumine o caminho à tua frente, e a pureza de Maat transforme teu coração!
Em hotep!

MAGIA “NA GARRAFA”

Garrafas de Bruxa

Um punhado de terra fértil, sândalo, carvalho, cascas de romã, louro, três trevos, um encantamento sussurrado sob a rolha…

Esta “Garrafa de Bruxa” é uma maneira simples de atrair fartura, equilíbrio financeiro e boas oportunidades de negócio.

Mas, por que e como funciona?
Sua intenção, somada à energia dos ingredientes é o que causa o resultado. Simples assim. A Magia Natural opera pela fusão do seu poder pessoal (desejo, intenção, foco e fé), com o poder dos elementos naturais e dos Deuses.

Cada “coisa” tem uma energia e vibração correspondentes, que entram em sintonia com energias semelhantes, por ressonância. Essa união de forças funciona como uma “bateria” para a realização do seu desejo. Basta canalizar esta energia corretamente. Um bom modo de começar é pesquisar sobre a correspondência planetária ou elemental de ervas e cristais, o uso apropriado das cores e números. Verifique também o melhor dia da semana e fase lunar para sua montagem e consagração.

Seguindo estes fundamentos você poderá criar garrafas para várias finalidades. Basta adaptar os ingredientes e o encantamento de acordo com o objetivo! Trago três exemplos para ilustrar:

Garrafa da fortuna

1. Garrafa da Fortuna e Prosperidade.
Terra fértil, sândalo, carvalho, cascas de romã, louro, três trevos. Feita no Domingo, do quarto crescente para lua cheia, consagrada a Ísis.

Garrafa afrodisíaca

2. Garrafa Afrodisíaca (Masculina).
Romã, zimbro, sândalo e cardo santo. Feita na Sexta-feira de lua crescente, consagrada a Ísis.

Garrafa de proteção

3. Garrafa de Proteção contra Inveja.
Alho, sal grosso, olho grego, pimentas (branca, vermelha e do reino) e espinhos de roseira branca. Feita na terça-feira, de lua minguante, preferencialmente ao meio-dia. Consagrada a Sekhmet.

Garrafas de Bruxa são uma ótima opção de talismã para carregar consigo, ou levar para o ambiente de trabalho de maneira discreta. Outra boa ideia é presentear os amigos queridos com uma garrafinha. Afinal, sorte, amor, saúde e proteção, nunca são demais!